fbpx

Gestão editorial em épocas de crise: estratégias simples e eficazes para superar momentos de turbulência

Objetivos

Apresentar práticas e estratégias utilizadas no mercado editorial que apoiam o desenvolvimento das vendas aliadas a processo de gestão e controle. Apresentar exemplos e simulações de conceitos que auxiliam pequenas, médias e grandes empresas do mercado editorial a não só manter seus volumes de vendas, mas também aproveitar as oportunidades para crescer num momento de retração da concorrência. Compartilhar modelos de indicadores de desempenho que orientam a gestão das equipes comerciais e administrativas na tarefa de manter clientes e preservar a margem e o fluxo de caixa das empresas.

Público-alvo

Editores, proprietários e gerentes comerciais, administrativos e financeiros de editoras, distribuidores, profissionais de vendas e marketing, empreendedores e futuros empreendedores da cadeia do livro.

Conteúdo

Quais as alternativas para vendas no varejo diante da crise das grandes redes de livrarias?
Quando e por que ações B2C podem ou não ser adotadas por editoras?
Diante desse novo cenário, qual a melhor configuração para a equipe comercial?
O risco apresentado pelas empresas em recuperação judicial pode ser ampliado?
Como compensar as perdas de pontos de vendas para obter exposição adequada dos livros?
Quando é o momento de endurecer as negociações com clientes em atraso?
Saldo consignado em terceiros. Pagamentos em atraso e risco total. Como gerenciar?
É possível tirar proveito desse cenário? Como agir?
Quais estratégias adotadas por grandes editoras podem ser também utilizadas por quem tem menor capacidade de investimento?
Vendas saudáveis e sustentabilidade da empresa.

Tenho interesse neste curso:

[]
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right

Docente

Gerson Ramos

Profissional do livro há mais de 35 anos, atualmente é diretor comercial da Editora Planeta do Brasil, um dos oito maiores grupos editoriais do mundo. Fundador e diretor comercial da Distribuidora Superpedido. Desenvolveu sua experiência no atendimento aos livreiros na área comercial de editoras como Companhia das Letras, Ática e Ediouro. Atuou também em empresas de médio e grande porte no varejo de livros. Foi diretor de loja da Fnac Brasil, gerente geral do Ática Shopping Cultural, gerente de compras das livrarias Nobel, gerente de operações das livrarias Laselva e gerente geral das livrarias Brasiliense. Como consultor, atuou para grandes editoras e livrarias, além de participar do Programa do Livro Popular da Fundação Biblioteca Nacional e da implantação do Bookscan Nielsen no Brasil no ano de 2013. Diretor da Câmara Brasileira do Livro (CBL), é também membro do conselho da Fundação Observatório do Livro.

Tamanho da fonte
Modo contraste
X