Skip to main content

Maria Helena de Moura Neves vence Prêmio Ester Sabino, que homenageia cientistas mulheres

O prêmio foi conquistado pela decana na categoria sênior com mais de sete mil votos em enquete pública.

discurso maria helena
Vencedora do prêmio em discurso realizado durante a cerimônia. Foto: Fabio Mazzitelli/ACI Unesp.

Maria Helena de Moura Neves, 91, decana da área de Linguística da Unesp de Araraquara, docente da Universidade do Livro e autora da Editora Unesp, venceu a primeira edição do Prêmio Ester Sabino, que é entregue a mulheres que contribuíram para o desenvolvimento científico no país.

O prêmio, que foi criado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo, foi entregue no dia 11 de fevereiro em cerimônia realizada no Palácio dos Bandeirantes (sede do governo paulista). Na data, comemora-se o Dia Internacional das Mulheres e Meninas na Ciência.

Vencedora na categoria sênior, Maria Helena foi eleita através de votação popular na internet, com mais dos 14.161 votos registrados.

Em entrevista ao Jornal da Unesp, Maria afirma:

“O que quero dizer para as meninas é que as pessoas façam sempre o que gostam de fazer. Eu sempre adorei mexer em linguagem, vou entregar na semana que vem um livro. Gosto de pesquisar. Fiz um livro sobre o que é negar, as negações em linguagem. Acho que o livro vai chamar ‘o sim, o não, o talvez e o nem tanto’. Quer dizer, a nossa linguagem é um caminho entre o ‘sim’ e o ‘não’ […]”

indicadas ao premio
Outras pesquisadoras indicadas ao prêmio ao lado do subsecretário de educação superior da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Sandro Valentini, da presidente da Academia de Ciências do Estado de São Paulo, Vanderlan Bolzani, da secretária de Desenvolvimento Econômico, Patrícia Ellen e da professora Ester Sabino. Foto: Fabio Mazzitelli/ACI Unesp.

Em seu discurso, a vencedora do prêmio dissertou sobre a relação da gramática e da linguagem com a ciência moderna. Assista na íntegra:

X